Arquivos da Tag: incêndios

Floresta de Águeda em cinzas

Quercus alerta sobre incêndios

Quercus alerta sobre incêndios

A Quercus considera que estão em perigo vastas áreas de ecossistemas valiosos nomeadamente floresta com matos, pinheiros e carvalhos, bem como a sobrevivência da fauna existente nas áreas afetadas pelos incêndios no distrito de Aveiro

Não ao espetáculo da destruição

Qualidade do ar no vermelho (C/ vídeo)

Águeda, Anadia e Albergaria-a-Velha: os  incêndios que têm afetado esta semana a Região de Aveiro, bem como o norte do país, têm contribuído para a degradação da qualidade do ar. Informação do site “qualar.apambiente.pt” indica o nível “mau” devido à concentração de monóxido de carbono, de ozono e de partículas no ar, que têm aumentado desde

Fogo

Período crítico na floresta

A Câmara Municipal de Águeda publicou um edital informativo sobre o período crítico no âmbito do sistema de defesa da floresta contra incêndios, definindo em portaria legal, as medidas especiais de prevenção contra incêndios florestais. Assim, de 1 de julho a 30 de setembro não é permitido realizar queima de sobrantes ou queimadas; realizar fogueiras

População do Préstimo revoltada com incêndios

Só no último mês, deflagraram mais de 15 incêndios no Préstimo. População e autarcas não têm dúvidas que têm mão criminosa e pedem “intensificação da fiscalização” e “mão pesada” para os criminosos “No último mês, tivemos mais de 15 incêndios, isto não é normal”, desabafa indignado Pedro Vidal, presidente da União de Fre­guesias do Préstimo

José Manuel Alho

Albergaria vergada à mórbida convivência com as chamas? , por José Manuel Alho (*)

A praga dos incêndios voltou a Albergaria. De Vila Nova de Fusos, passando por Valmaior, até à Senhora do Socorro, o pânico e a aflição ganharam terreno deixando esta Páscoa inapelavelmente marcada pelos funestos aromas das chamas. Contudo, a falta de estratégia e de investimento para a dinamização e valorização do espaço rural faz com

A ação do GIPS decorreu em Agadão

Proprietários que não limpem terrenos alvo de multas

Os GIPS da GNR estão a fazer o levantamento da área que deverá estar limpa junto a edificações e caminhos e a identificar os respetivos proprietários para dar cumprimento à lei. A ação integra-se no sistema de defesa da floresta contra incêndios e foi apresentada à população no salão da Junta de Freguesia de Agadão.

Cheia no rio Águeda

Incêndios do Caramulo enchem rio Águeda (c/ vídeo)

Os incêndios verificados no Caramulo, em 2013, terão contribuído para mais um aumento do caudal do Rio Águeda, que voltou hoje a transbordar “ligeiramente” e a cortar ruas e estradas situadas em leito de cheia. A ausência de vegetação da serra origina uma menor retenção das águas das chuvas e o aumento do caudal do

UA: Fumo dos incêndios tem partículas cancerígenas

O fumo proveniente dos incêndios florestais é altamente perigoso para a saúde pública. O alerta do Centro de Estudos do Ambiente e do Mar (CESAM) da Universidade de Aveiro (UA) aponta para os malefícios da mistura de gases e partículas emitida pelos incêndios. Estas últimas, de natureza ultrafina, têm grande capacidade de penetração nas vias

Top