Arquivos da Tag: Vagos

moinhos projeto

“Rota dos moinhos” vai ser apoiada pelo turismo de Portugal

“Rota dos moinhos” vai ser apoiada pelo turismo de Portugal

O Turismo de Portugal vai apoiar a execução do Portuguese Mills – Rota dos Moinhos de Portugal, um projeto conjunto apresentado pelos municípios de Águeda, Albergaria-a-Velha, Nelas, Sever do Vouga e Vagos, recentemente premiado

Águeda, vista aérea

A força da indústria transformadora em Águeda

Em Águeda, mais de metade do pessoal ao serviço da atividade económica está a trabalhar na indústria transformadora. Neste setor, que é o que mais gente emprega entre os 11 municípios da CIRA, Águeda representa um quinto dos 50 mil trabalhadores da Região de Aveiro. Os dados, referentes a 2016, são da Pordata

Câmara Municipal de Águeda

Metade das receitas do município de Águeda depende do Estado e da Europa

Precisamente metade das receitas da Câmara Municipal de Águeda em 2017 – último ano em que são conhecidos dados oficiais – dependeu de transferências correntes e de capital, provenientes da administração central e de programas de financiamento europeu. Os dados da Pordata são confirmados pelo relatório de gestão do município

Aveiro

Municípios da Região de Aveiro criam projeto cultural em rede

Os 11 municípios que integram a Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro (CIRA) apresentam o “Cultura em Rede – Região de Aveiro”, um projeto que visa a promoção cultural ancorada nos recursos patrimoniais do território

ciclismo em Águeda

Ciclismo: Abertura da época nas estradas da região

A prova de abertura Região de Aveiro/Trofeu Liberty Seguros, no próximo domingo, marca o início oficial da época do ciclismo de estrada em Portugal, sendo reservada a ciclistas de elite e de sub23 das equipas continentais e de clube. Começa em Oliveira do Bairro (12h15) e termina na Torreira (16h). Tem passagem prevista por Águeda

Júlio Dinis Saraiva

Aguedense guardião da história que alimenta sonhos

Júlio Dinis Saraiva tem 75 anos mas não para. Guarda a história, mantém sonhos. Protege acervo que ajuda a perceber a forte identidade aguedense – será um crime perder-se – mas dá-o a conhecer. Com visível orgulho. Testemunhámo-lo a última vez em Viseu, fazia calor em agosto, na etapa derradeira da Volta a Portugal 2017,

Incêndios trazem dor e luto, impotência e revolta, destruição e pobreza! Penalizam fortemente o meio ambiente e a qualidade de vida das populações. Estamos de luto e não publicamos fotografias avermelhadas pelas chamas que nos indignam. Apelamos a todos para que o façam. Se repudiamos que incêndios possam começar às 4 da manhã, digamos não ao espetáculo da destruição!

Incêndios ficaram às portas do concelho de Águeda

Ardeu área florestal em Tondela, Mortágua, Anadia, Mealhada, Oliveira do Bairro, Vagos, Sever do Vouga e Oliveira de Frades. Casas e empresas foram consumidas pelas chamas. Morreu gente. As chamas trouxeram um ar irrespirável, fumo e cinzas, dor e luto. À região, ao distrito, ao norte e centro, ao país – que voltou a assistir

Top