Terras para desempregados que frequentem formação agrícola

O projecto “Agricultura, semente de sustentabilidade” vai atribuir 25 talhões de cerca de 40 metros quadrados, nas hortas de Águeda, a desempregados e a pessoas que pretendam dedicar-se à agricultura nos tempos livres. As terras serão disponibilizadas pelo Município junto à Biblioteca Municipal.

Com este projecto, a Câmara Municipal de Águeda pretende “trazer para um sector de actividade tradicional de baixa tecnologia um elevado número de pessoas que estão na situação de desemprego, promovendo o desenvolvimento de competências profissionais”.

Abrangidas são também pessoas que têm emprego e disponibilidade para se dedicar à actividade agrícola nos seus tempos livres, visando criar a oportunidade para melhorar a condição de vida do agregado familiar, na vertente da subsistência alimentar saudável e geração de rendimentos.

(MAIS INFORMAÇÃO NAS EDIÇÕES E-PAPER E IMPRESSA)

Autores

Notícias Relacionadas

*

Top