Testemunhos de violência doméstica emocionaram

Violência

O testemunho de duas vítimas de violência doméstica emocionaram a plateia que assistia à tertúlia promovida, no sábado, pela Juntos Somos Arte (JSA), na Biblioteca Municipal Manuel Alegre

Na ocasião, Patrícia Gomes, autora de crónicas na Associação Capazes (associação feminista que tem como objetivo promover a informação e a sensibilização da sociedade civil para a igualdade de género, defesa dos direitos das mulheres e empoderamento das mesmas), abordou o tema do assédio sexual.
Além de apresentar o assédio enquanto algo que desrespeita e impede a liberdade da mulher ao causar-lhe desconforto e até mesmo culpa e vergonha, a cronista enfatizou ainda a necessidade de se abandonar velhas crenças e preconceitos sociais que limitam a imagem da mulher e não admitem o seu mérito nem o seu caráter.
Seguiu-se a apresentação do livro “Ninguém Merece”, de Inês Maomé, apresentado pela escritora e responsável do conselho artístico da JSA, Li Marta. A história retrata uma relação, em que a violência doméstica está bem presente e que foi inspirada por acontecimentos que a própria autora pode testemunhar. Vários aspetos da história foram apresentados e comentados quer pela autora, quer pelos presentes.

(notícia completa na edição da semana – versões e-paper e impressa)
Autores

Notícias Relacionadas

*

Top