Universidade de Lisboa atribui Honoris Causa a Manuel Alegre

Manuel Alegre

Manuel Alegre vai receber o doutoramento Honoris Causa, atribuído pela Universidade de Lisboa, na próxima terça-feira, 2 de outubro, às 15 horas, na Aula Magna da Reitoria.

A proposta da Faculdade de Letras foi fundamentada “com o reconhecimento do papel da poesia de Alegre, que se constitui um marco do que de melhor o género lírico em Portugal apresenta desde a década de sessenta de novecentos até ao presente”.
Aquela faculdade considera que a sua obra literária é “um húmus que fundamenta a memória portuguesa, mas também universal, (…) que luta contra o apagamento da História e da questionação interior do sentido mais depurado do Homem”.
“A prosa de Manuel Alegre, pela reflexão sobre temas que levanta na sociedade portuguesa, nomeadamente a formação da autoconsciência, a experiência da guerra colonial e do exílio ou a luta contra a ditadura, são também referenciados para a atribuição do prémio, assim como a sua vasta vida política e capacidade interventiva”, justifica a academia.

Manuel Alegre nasceu em Águeda no dia 12 de maio de 1936. Como escritor, recebeu os seguintes prémios: Grande Prémio de Poesia da Associação Portuguesa de Escritores (1998); Prémio da Crítica da Associação Portuguesa de Críticos Literários (1998); Grande Prémio de Poesia APE/CTT (1998); Prémio Pessoa (1999); Prémio Fernando Namora (1999); Prémio de Literatura Infantil António Botto; Prémio D. Dinis (2007); Grande Prémio Vida Literária (2016); Grande Prémio de Literatura dst (2016); Prémio de Consagração de Carreira da Sociedade Portuguesa de Autores (2016) e Prémio Camões (2017).

Autores

Notícias Relacionadas

*

Top