Velódromo de Sangalhos para cinco modalidades

A infra-estrutura erguida em Sangalhos e orçada em mais de 10 milhões de euros, primeira e única para o ciclismo em pista coberta em Portugal, foi “estreada” pelo vencedor da Volta a Portugal em 1951, 1956 e 1958, Alves Barbosa, e vai servir para formar corredores nesta especialidade, praticamente inexistente em Portugal.

Integrado na rede nacional de CAR, o Velódromo Nacional de Sangalhos, compreende uma pista coberta de 250 metros de extensão, com piso rebaixado ao centro (de 44 por 25 metros).

(informação completa na edição impressa)

Autores

Notícias Relacionadas

1 comentário;

  1. José Bandeira said:

    Visitei este velódromo no passado dia 30.10.2010, no qual tive a oportunidade de assistir ao Campeonato do Mundo de Pista – Masters.
    Acho um excelente velódromo para a prática do ciclismo, são realmente umas óptimas instalações, desde já quero deixar aqui, os meus parabéns.
    Os locais até ao velódromo, estão bem sinalizados, no entanto, o edifício embora não passe despercebido quem circula de automóvel, na estrada, não identifica o velódromo, quero dizer, deveria ter um grande reclamo luminoso bem destacado “Velódromo de Sangalhos”.

*

Top