Valdemar Cardoso Alves: Faleceu o primeiro presidente democraticamente eleito à Câmara de Águeda

Valdemar Cardoso Alves, o primeiro presidente da Câmara Municipal de Águeda eleito após o 25 de Abril de 1974, faleceu na manhã de segunda-feira, vítima de doença prolongada, aos 78 anos. O funeral realiza-se esta terça-feira, em Belazaima do Chão. O Município de Águeda decretou luto municipal e o PSD, partido através do qual foi eleito, emitiu uma nota de pesar

Valdemar Cardoso Alves desempenhou funções de presidente da Câmara Municipal de Águeda (mandato 1976-1979), tendo ainda presidido à Assembleia Municipal de Águeda (de 1980 a 1982) e sido deputado da Assembleia da República, eleito pelo círculo de Aveiro (de 1980 a 1991). Foi ainda presidente dos Bombeiros Voluntários de Águeda.

(MAIS INFORMAÇÃO NAS VERSÕES E-PAPER E IMPRESSA)

RA no Parlamento Europeu - Eurodeputada Regina Bastos: “Há um divórcio entre cidadãos e instituições europeias”

Abril 2, 2014 por admin  
Filed under Destaques, Entrevistas

Quase de saída do Parlamento Europeu, uma vez que não integra as listas que vão a votos no dia 25 de maio, a aveirense Regina Bastos, a completar nove anos como eurodeputada (no primeiro mandato não foi eleita diretamente), diz que sai sem mágoa e com o sentimento de dever cumprido. Regina Bastos, com quem falámos, no seu gabinete em Bruxelas, fala ainda dos fundos comunitários europeus e do afastamento dos cidadãos ao projeto e instituições europeias.

“Há efetivamente um divórcio endémico dos cidadãos europeus em relação ao trabalho desenvolvido nas instituições europeias”, referiu a eurodeputada, eleita pelo PSD, ao RA. “Pode ser explicado com o comportamento dos chefes de governo: quando as coisas correm bem, ouvimos os primeiros ministros dizerem que é obra do seu governo e da sua equipa; mas quando correm mal, é culpa da União Europeia”, justifica Regina Bastos, para acrescentar que “depois há também a questão da falta de proximidade das instituições comunitárias e os cidadãos nacionais, motivada pelo facto das instituições estarem longe; estamos a 2 mil quilómetros de distância dos nossos cidadãos portugueses”

(ENTREVISTA E REPORTAGEM EM BRUXELAS NAS VERSÕES E-PAPER E IMPRESSA)

Hospital na AR: Presidente de Câmara “surpreendido” com votação, não rejeita manifestação de rua e “umas esperas” ao primeiro-ministro

Março 12, 2014 por admin  
Filed under Actualidade, Municipios, Política, Águeda

O presidente da Câmara de Águeda, Gil Nadais, principal impulsionador da petição em defesa do hospital, em declarações ao RA, mostrou-se “surpreendido” com a votação, lembrando que os “diferentes grupos parlamentares haviam manifestado solidariedade e concordância em relação às nossas pretensões”. “Mas o que verificámos”, continua o presidente da câmara, é que “os deputados do PSD e do CDS-PP votaram contra todos os projetos de resolução”.

Sobre a manifestação de rua, sugerida pelo PS na última Assembleia Municipal, Gil Nadais não rejeita a ideia e diz mesmo que pode ser o caminho a seguir, lembrando, no entanto, que até lá ainda vai fazer “umas esperas ao Primeiro Ministro”.

(MAIS INFORMAÇÃO NAS EDIÇÕES E-PAPER E IMPRESSA)

Hospital de Águeda no Parlamento: Chumbo dos projetos de resolução motiva guerra partidária

Março 11, 2014 por admin  
Filed under Actualidade, Municipios, Política, Águeda

Os projetos de resolução apresentados na sequência da petição “Pelo Hospital de Águeda e melhor saúde na região” (da autoria do PCP, PEV e BE e dos quais o RA já deu nota), dinamizada pela Câmara de Águeda e subscrita por 10 mil pessoas, foram reprovados na Assembleia da República, com os votos contra dos deputados do PSD e CDS-PP, na sexta-feira passada.

O facto motivou de imediato a divulgação de um comunicado da Federação de Aveiro do PS, considerando que o sentido de voto dos deputados da maioria foi “um claro desrespeito pelos aguedenses a quem anteriormente haviam manifestado solidariedade e total concordância em mudar o funcionamento do Centro Hospitalar do Baixo Vouga, perante a evidente falta de respostas aos utentes” do Hospital de Águeda.

Em resposta, o PSD Aveiro veio esclarecer a sua posição e prometeu apresentar um projeto de resolução em defesa dos hospitais de Águeda, Aveiro e Estarreja.

(MAIS INFORMAÇÃO, com mais comunicados, NAS EDIÇÕES E-PAPER E IMPRESSA)

Alberto Marques: “Dr.Breda mais parece o porteiro da escola”

Março 3, 2014 por admin  
Filed under Actualidade, Municipios, Política, Águeda

Alberto Marques (PSD) criticou o tratamento que a Câmara deu à estátua do Dr. Breda, localizada em frente à Marques de Castilho, dizendo que “agora mais parece o porteiro da escola”, pela pouca dignidade com que foi tratada. “Mal se vê”, criticou, na última sessão da Assembleia Municipal de Águeda. Um assunto que tem motivado críticas também por parte de cidadãos aguedenses e já mereceu abordagem por parte do RA.

O presidente da câmara assegurou que já estava pedida a iluminação para a estátua e que equaciona se deve ou não fazer uma intervenção na mesma.

(MAIS INFORMAÇÃO NAS VERSÕES E-PAPER E IMPRESSA)

Paula Cardoso contra esvaziamento do Hospital

Fevereiro 25, 2014 por admin  
Filed under Actualidade, Municipios, Política, Águeda

A intervenção da deputada Paula Cardoso, natural de Águeda, vereadora eleita pela Coligação PSD/CDS-PP na Câmara de Águeda, foi amplamente elogiada pelos aguedenses que foram a Lisboa assistir ao debate e também pelo presidente da Câmara, Gil Nadais, e pelos vereadores e outros socialistas que o acompanhavam.

“Quando se criou o Centro Hospitalar do Baixo Vouga, ainda no anterior governo do Partido Socialista, foi transmitido aos municípios envolvidos - Aveiro, Águeda e Estarreja, que a fusão assentava numa lógica tripolar, que garantiria a sustentabilidade do Serviço Nacional de Saúde, mas também e sobretudo visaria uma maior qualidade e segurança dos cuidados prestados, o que se obteria com a integração de serviços e mediante a complementaridade e a racionalização de recursos”, lembrou a deputada na sua intervenção na reunião plenária da Assembleia da República.

(MAIS INFORMAÇÃO NAS EDIÇÕES E-PAPER E IMPRESSA)

Marco Abrantes e Carlos Franco disputam liderança no PSD/Águeda

Janeiro 21, 2014 por admin  
Filed under Actualidade, Municipios, Política, Águeda

Marco Abrantes, 32 anos, e Carlos Franco, 35 anos, vão disputar a liderança da concelhia do PSD Águeda. As eleições estão marcadas para o próximo dia 25 de janeiro. Esta é a segunda vez que há duas listas a sufrágio, depois da disputa entre Antunes de Almeida e Paulo Matos, acabando este último por vencer o ato eleitoral.

Ainda não são conhecidos os apoiantes de Carlos Franco, mas sabe-se já que Marco Abrantes conta com o apoio da JSD e que Paulo Matos integra a sua lista, candidatando-se novamente a presidente da mesa do plenário, cargo que ocupa atualmente.

Programa e perfil dos candidatos nas edições e-paper e impressa

(MAIS INFORMAÇÃO NAS EDIÇÕES E-PAPER E IMPRESSA)

Socialistas de Travassô querem anulação da Assembleia que decidiu sede da União com Ois

Os membros de Travassô da Assembleia da União de Freguesias de Travassô e Ois da Ribeira, eleitos pelo PS, querem ver anulada a assembleia de freguesia que deliberou a localização da sede da União de Freguesias em Ois da Ribeira.

No entender dos membros do PS (Filipe Almeida e Maria Conceição Reis), “o processo, nomeadamente a forma como foi orientada, bem como o processo de escrutínio, incorre em incorreções dignas de poderem ser consideradas ilegalidades e colocar em causa o verdadeiro resultado da votação”.

Entretanto, o presidente da Assembleia da União de Freguesias Travassô e Ois da Ribeira, Sérgio Neves, eleito pela coligação PSD/CDS-PP, emitiu um longo esclarecimento à população, assegurando que não há razão para considerar nula a assembleia de freguesia.

(MAIS INFORMAÇÃO NAS EDIÇÕES E-PAPER E IMPRESSA)

Câmara de Águeda aprovou orçamento de 43,6 milhões para 2014

Dezembro 18, 2013 por admin  
Filed under Destaques, Municipios, Águeda

O executivo municipal de Águeda aprovou, na reunião realizada na manhã de terça-feira, as grandes opções do plano e orçamento para 2014, com os cinco votos favoráveis dos eleitos pelo PS e a abstenção dos vereadores do PSD e CDS/PP. O documento inclui o plano de atividades municipais, o plano plurianual de investimentos e o orçamento das receitas e despesas, bem como o mapa de pessoal dos serviços municipais.

A Câmara Municipal de Águeda prevê receitas no valor de 43.615.461,40 euros. As receitas correntes estão estimadas em 32.131.998,40 euros e as receitas de capital em 11.433.463,00 euros. As despesas correntes representam 22.745.477,65 euros do orçamento agora aprovado e as despesas de capital 20.827.983,75 euros do orçamento. A educação e a ação social são áreas prioritárias.

(MAIS INFORMAÇÃO NAS VERSÕES E-PAPER E IMPRESSA)

Militantes do PSD/Águeda criam plataforma para refletir sobre o futuro

Novembro 13, 2013 por admin  
Filed under Actualidade, Municipios, Política, Águeda

Está criada a plataforma “Novos Rumos”. Segundo o seu fundador, Carlos Franco, trata-se de uma “plataforma de debate político social democrata” que “pretende ser aberta e livre à participação de militantes e simpatizantes”.

“Repensar o modelo social democrata será uma prioridade”, anunciou Carlos Franco, salientando que o objetivo passa por “desenvolver um documento estratégico que sustente um novo modelo de desenvolvimento para Águeda”.

(INFORMAÇÃO COMPLETA NAS VERSÕES E-PAPER E IMPRESSA)

Página Seguinte »